MARÍA MAGDALENA




Sendo uma série longa com seus 60 episódios, de imediato já demonstra ser um conteúdo completo. Original mexicana, mostra essa personagem polêmica da história bíblica como uma mulher sofredora, casada com um homem horrível na região de Magdala,  que teve de fugir, encontrou proteção nos braços de um general romano e depois foi obrigada a se prostituir, como vingança da rainha Herodias, esposa de Herodes.
Jesus, na série, é mostrado de uma forma humanizada, embora o relacionamento com os apóstolos, os milagres e outros atos do filho de Deus sejam bastantes fiéis aos Evangelhos de Lucas, Mateus, João e Marcos.
Para ir  bem a fundo na história de Magdalena, os autores da série, devem ter recorrido aos chamados Evangelhos Apócrifos e a Escritos Gnósticos não reconhecidos pela Igreja Católica.
María Magdalena, uma das mulheres mais citadas na vida de Jesus, que foi apontada como prostituta, posteriormente foi santificada pela Igreja.
De uma maneira ou de outra, não há dúvida de que é um personagem importante do catolicismo e é quase certo que esteve bastante próxima de Jesus, depois que ele tomou sua defesa quando queriam apedrejá-la e tornou-se uma das principais seguidoras do Mestre.



A vida dessa mulher, María Magdalena podendo se classificar como um drama que recria a vida de uma mulher forte em tempos de opressão. Uma mulher diferente do resto, que vai mudar as leis de uma sociedade corrupta e completamente dirigida por homens. Como testemunha de um mundo cheio de vícios e traição, ela será forçada a fugir e tentar esquecer seu passado. Quando conhece Jesus, o homem que a fará entender o significado do amor verdadeiro, um amor puro e impossível que ressuscitará sua fé e desejo de viver. Ela deixará de ser uma mulher rejeitada e se tornará a disciplina mais importante do profeta de Nazaré.
← ANTERIOR PROXIMA → INICIO